Armazenar água da chuva.

Em primeiro lugar como muitas cidades acabam sofrendo com a falta de água, as pessoas começaram a economizar mais e até mesmo armazenar a água da chuva. A melhor forma de fazer isso é usando algum tipo de cisterna que tem a função de captar e armazenar a água das chuvas, mas é importante não esquecer que quanto mais rápido esta água for utilizada, melhor.


Armazenar água da chuva.

Acima de tudo, existem muitos tipos de cisternas no mercado e que podem ser a solução ideal para as pessoas que buscam armazenar a água da chuva. Certamente armazenar e reutilizar esta água são uma forma ecológica muito viável, pois o armazenamento acaba permitindo que as pessoas consigam economizar água potável, diminuindo o seu gasto. Também é possível aproveitar a cisterna de outra maneira: reutilizando a água da maquina de lavar por exemplo.

Assim, por ser proveniente da chuva, este tipo de água não é considerada potável, pois ela pode ter várias substâncias e partículas como poeira, fuligem, amônio, sulfato e nitrato. Desta forma, ela não é adequada para consumo humano, mas pode ser utilizada em vários tipos de tarefas do dia a dia que acabam consumindo bastante água, como por exemplo: lavar a calçada, o quintal, o carro, molhar flores, temperos, verduras ou legumes de uma horta, entre outras.

Entretanto, é muito importante ter o cuidado na hora de instalar a cisterna na sua residência, edifício ou condomínio, pois no momento que o responsável esteja fazendo a instalação do equipamento, à água da chuva não pode chegar ou ter ligação com o encanamento da água das torneiras que é destinada para ingestão.

Água da chuva tratada.

Nas cidades grandes e regiões metropolitanas, onde os poluentes no ar possui uma concentração muito elevada, a água da chuva se for bem tratada e filtrada, até pode ser tornar potável e própria para o consumo das pessoas. Mas para ser considerada apta para ser consumida, a água da chuva deve passar por processos de tratamento e ser filtrada corretamente. Esse processo pode até ser realizado em casa, mas deve ser feito com muito cuidado, atenção e de forma correta.

Portanto, quanto mais limpa por a captação da água, melhor para conseguir realizar o tratamento dela. Assim, ao armazenar a água da chuva podem ser colocados alguns filtros específicos e convencionais de cozinha, onde a vela se for bem mantida, consegue remover as partículas de sujeira e poeira presentes na água, além de várias substâncias como amônio, sulfato e nitrato.

Acima de tudo, depois que esse processo acontecer, o ideal é que esta água seja fervida por uma média de cinco minutos no mínimo, para que se garanta que as bactérias sejam todas realmente eliminadas. Depois de fazer este processo, ela estará pronta para ser consumida e será considerada água potável.

Mas é fundamental que o seja feito o descarte da primeira leva de água da chuva, pois as chuvas acabam passando pelo telhado e deslizando por algumas calhas e devido a poeira e poluição que está presente em todas as cidades, esses locais ficam extremamente sujos. Por esta razão, é tão importante que o primeiro volume da chuva seja eliminado e assim, pode-se captá-la após alguns minutos.

Cisterna: um reservatório importante.

O reservatório que serve para captar e armazenar a água da chuva, também conhecido como cisterna, é um sistema de fundamental importância por ser responsável por aproveitar a água da chuva, com fins domésticos.  Cada vez mais, é uma solução usada por muitas pessoas para economizar água potável e também reduzir a conta de água que é fornecida pelo abastecimento público.

O mais notável é que para conseguir montar uma cisterna, existem várias opões e tipos no mercado e tudo vai depender da quantidade de água que a pessoa pretende armazenar. Outro fator muito interessante é que alguns modelos não precisam ser enterrados, o que acaba reduzindo alguns custos da instalação.

Além disso, este tipo de reservatório que serve para captar e armazenar a água da chuva pode ser instalado em vários locais, como casas, condomínios, prédios, empresas ou até loteamentos. Assim, para que usa a cisterna pode ter uma economia na conta de água de até 50%, mas claro, tudo depende das necessidades de consumo de cada um. Não se esqueça de que é muito importante armazenar a água da chuva para conseguir economizar a mesma, mas ela não é própria para o consumo, apenas se for tratada e filtrada de forma correta.

Consequentemente, essa água pode ser usada para fins domésticos como exemplo: lavar pisos, calçadas, carros, jardins e outros e assim é possível reduzir bastante o consumo de água.  Entretanto, armazenar a água da chuva é algo sério e precisa de alguns cuidados como é o caso das calhas que devem ser limpas periodicamente para impedir a contaminação através de fezes de animais mortos e ratos, entre outros.