Importância do filtro removedor de ferro e manganês em reservatórios de água mineral

O objetivo da filtração em reservatórios de água mineral é remover partículas contaminantes. Esse processo é realizado de acordo com as normas vigentes no país. No entanto, a otimização da eficiência e desempenho da filtragem será garantida apenas se o sistema de filtragem como um todo for levado em consideração.

Reservatórios de água mineral

Portanto, tudo deve ser adequadamente projetado e dimensionado. É preciso considerar as condições de operação e local onde será instalado, bem como as características da água a ser tratada. As instalações de reservatórios de água mineral devem ser analisadas, durante todo o processo de filtragem, desde o início até o engarrafamento.

Reservatório de água mineral: combinação de elementos filtrantes

De fato, a combinação de elementos filtrantes depende do tipo de água a ser tratada, assim como as características de toda a linha de engarrafamento. Sem dúvida, a identificação correta dessa combinação é muito importante. Portanto, isso é estabelecido com base no correto dimensionamento para otimizar o desempenho da filtração.

Tratamento de água com presença de ferro e manganês

Certamente, a presença de ferro e manganês é um dos maiores problemas que encontramos nas águas do mundo. Quando você deseja usar esse tipo de água para consumo humano, irrigação ou indústria, é necessário aplicar sistemas de remoção de ferro e manganês.

Isso porque é necessário garantir que os valores de saída da água tratada estejam dentro dos parâmetros estipulados pela legislação vigente.

Equipamento simples de manutenção mínima

Como o ferro e o manganês têm uma estrutura química semelhante, as mesmas tecnologias de filtragem podem ser usadas para ambos, sendo um equipamento simples de tratamento de água com manutenção mínima.

Origem do ferro e manganês na água

Esses compostos estão concentrados nas águas de todo o planeta pelo contato com rochas e minerais. Além disso, estão presentes em muitas redes de água potável que não aplicaram tratamento para ferro ou manganês anteriormente.

Em geral, quanto mais oxigenação a água tiver, menos ferro e manganês estarão nela. Além disso, os níveis mais altos de ferro e manganês serão encontrados em águas profundas de poços onde o oxigênio dissolvido é baixo e o contato com a luz é nulo.

Às vezes, também pode ocorrer em águas superficiais e em fontes rasas, porque a água não se renova rapidamente. Dessa forma, permite altas concentrações desses componentes químicos quando é bombeada para seu tratamento.

Ferro e manganês fazem mal à saúde?

Nem ferro nem manganês na água apresentam riscos à saúde. No entanto, sua presença na água pode causar problemas de paladar, manchas e acúmulo. Como o ferro e o manganês são quimicamente semelhantes, eles causam os mesmos problemas.

Por exemplo: manchas marrons, avermelhadas ou pretas em roupas, porcelanas, pratos, utensílios domésticos e até copos.  Sabões e detergentes não removem essas manchas, e o uso de cloro e produtos alcalinos (como carbonato de sódio) pode intensificar as manchas.

Prejuízo econômico

De fato, os acúmulos de ferro e manganês se tornam um problema econômico quando os reservatórios de água mineral precisam ser substituídos.

Quais são as fontes de ferro e manganês na água?

O ferro e o manganês estão concentrados na água devido ao contato com rochas, minerais e às vezes materiais fabricados, como tubos de ferro e tanques de aço usados em reservatórios de água mineral. Assim, a água pode exigir tratamento para altos níveis de ferro e manganês.

Muitas vezes, é possível antecipar problemas desse tipo, observando alguns princípios gerais que afetam a química da água. Por exemplo, quando as condições de certos ambientes são alteradas, como o bombeamento da água de uma cisterna ou os sedimentos nos tanques de água. Além disso, a cor da água também é um fator determinante para o diagnóstico.

Filtro com tecnologia comprovada para reservatórios de água mineral

Sem dúvida, um filtro de alta qualidade e tecnologia testada e aprovada tem a capacidade de remover ferro e manganês em água por adsorção. Trata-se de um processo que usa sistemas de natureza física ou química para reter na superfície de sólidos, átomos, íons ou moléculas.

Por meio de seus leitos especiais de areia pode durar até 5 anos. Certamente, uma grande vantagem é a possibilidade de sua regeneração. O equipamento é composto de várias válvulas de manobra para realizar as operações de retro-lavagem.

Além disso, as dimensões do leito são calculadas de acordo com a concentração mineral e propriedades físico-química.

Saiba mais sobre tanques de aço inox para água.